ESPECIALIDADES |

CLAREAMENTO

Para o sucesso do clareamento dental, é fundamental o correto diagnóstico por parte do cirurgião dentista da etiologia da alteração de cor. Para isto é necessário uma consulta de avaliação para definir o que se aplica melhor em cada caso.

A beleza deixou de ser apenas vaidade, tornando-se também necessidade para alguns, uma vez que a competitividade da sociedade moderna impõe parâmetros considerados ideais, com relação à aparência. Dentre estes, dentes claros são considerados sinais de higiene, status social e sucesso.

Há basicamente dois tipos de alteração de cor: as causadas por fatores extrínsecos ou intrínsecos . As anomalias de cor extrínsecas são provocadas pelo consumo excessivo de chá, café, cigarro, chimarrão, vinho ou outros corantes . As intrínsecas podem ser congênitas, como a dentinogênese imperfeita, ou adquiridas, como a fluorose, o uso indevido de tetraciclina, tratamentos endodônticos mal conduzidos, traumatismos, cáries. Uma outra etiologia para as alterações de cor é o escurecimento fisiológico dos dentes, ocasionado pelo desgaste.

É necessário que o cirurgião dentista avalie a troca de restaurações e próteses após o clareamento. Na maioria das vezes, as restaurações estéticas precisam ser substituídas uma vez que as mesmas não clareiam. Ficando assim com a cor antiga, destoando da cor dos dentes clareados, comprometendo a estética do sorriso.

Clareamento Interno

Alterações na coloração dentária são relativamente comuns. O escurecimento dental interno ocorre pelas mais variadas razões, como traumatismos, medicação dentro do canal, derramamento de sangue na estrutura interna dos dentes, entre outras causas. São nos casos acima, onde o paciente necessitou de passar por um tratamento de canal, que se observa com mais frequência a mudança da cor, passando a ser de amarelado a acinzentado. O tratamento de dentes escurecidos é possível através de métodos de clareamento simples, minimizando esse efeito causado nos dentes que recebem tratamento endodôntico (canal).

Por que é importante fazer o clareamento interno?

Padrões estéticos vão se alterando através dos tempos. Hoje em dia, o nível de clareza dos dentes faz parte do repertório de signos de beleza. Em relação a isso, pacientes percebem alguns benefícios, tais como:
• Melhoria estética.
• Autoconfiança.
• Sensação de rejuvenescimento.

Quais são os procedimentos para clarear o dente?

As atuais técnicas de clareamento para dentes tratados endodonticamente empregam como agente branqueador o peróxido de hidrogênio, que é aplicado internamente no dente. É um método eficaz, onde apresenta resultados rápidos e de grande satisfação aos clientes.

A técnica de clareamento do dente escurecido poderá ser realizada de várias maneiras pelo dentista, podendo durar uma, duas ou até três sessões, dependendo da dificuldade encontrada para chegar a cor desejada. Os resultados podem também variar de acordo com as características individuais de cada paciente.

Clareamento Caseiro

O clareamento caseiro exige disciplina do paciente e o resultado é mais demorado. Nesta técnica o paciente leva para casa uma moldeira feita de silicone e utiliza um gel a base de peróxido de carbamida. É por meio desta moldeira que o gel ficará em contato com o dente para que libere oxigênio e quebre os pigmentos que causam as manchas. O procedimento deve ser repetido todos os dias. O tempo vai depender do grau de manchamento que o dente tem. Os resultados começam a aparece, entre sete e dez dias . Dentes com pouco manchamento, uma a três semanas são suficientes, porém dentes com manchamentos severos podem levar alguns meses para clarear.

Durante as duas técnicas é necessário que o paciente tenha alguns cuidados em relação a ingestão de alimentos e bebidas . É necessário evitar alimentos com corantes ou de cores fortes, porque o processo de oxigenação promove desmineralização do esmalte; este fica poroso, apresentando-se como uma esponja, propenso a absorver pigmentos de alimentos e do cigarro. Por isso é importante que o cirurgião dentista acompanhe o clareamento para que assim que finalizar e chegar a cor ideal é necessário um polimento final e utilização de flúor para diminuir a porosidade do esmalte e a sensibilidade dentária.

Clareamento no Consultório

A técnica de clareamento de consultório é mais utilizada em pacientes que necessitam de um clareamento mais rápido. Nesta técnica um gel clareador à base de peróxido de hidrogênio na concentração de 35 a 40% é aplicado pelo dentista, sobre a superfície externa do dente e ativado por um tipo de luz, liberando moléculas de oxigênio e assim promovendo o clareamento. É feita em 1 ou 2 sessões de clareamento com no máximo 1 hora, com intervalo de uma semana cada sessão.Em alguns casos quando o dente está muito escurecido por problemas endodônticos antigos, o resultado do clareamento não é satisfatório sendo melhor indicado, outro tipo de tratamento restaurador estético;a faceta. Os dentes com coloração irregular azulada ou que apresentam listas cinza escuras, causadas pelo efeito das tetraciclinas, são mais difíceis de serem clareados.

Para maiores informações ligue 54 3519 3332 ou acesse nosso chat online:

Atendimento OnLIne